RSS
 

Pós Graduação em Gestão de Banco de Dados

06 mar

Pós Graduação em Gestão de Banco de Dados
(Conforme Resolução 01/07 – CNE)

Inscrições:

Início: 10/11/2012
Fim: 16/03/2013
Vagas: 25 (Vinte e Cinco)
Início do Curso: 22/03/2013

As inscrições deverão ser efetuadas através do preenchimento do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, disponível no portal da UNIPAR (www.unipar.br), página da pós-graduação, especialização

Objetivos:

  • Preparar profissionais em novas áreas de interesse, envolvendo tecnologias inovadoras de informática na linha de pesquisa de Banco de Dados com ênfase em Oracle;
  • Preparar profissionais na área de computação para contribuir com o desenvolvimento científico e tecnológico, envolvendo novas tecnologias da computação;
  • Contribuir com o desenvolvimento regional, procurando atender a elevada demanda de profissionais e docentes qualificados em computação, gerada pelo grande número de empresas e Instituições de Ensino da Região.

Público-Alvo:

Profissionais graduados em Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Processamento de Dados, Informática, Web Design, Administração de Empresas e áreas afins.

Investimento:

Valor da inscrição: R$ 70,00 (setenta reais)
Valor das parcelas: R$ 320 ,00 ( Trezentos e Vinte  reais) a serem pagas até o dia 5 de cada mês.

Programa de Fidelização UNIPAR:

Formandos da Unipar de 2012 – R$ 256,00
Formandos da Unipar de anos anteriores a 2012 – R$ 288,00

Quantidade de parcelas: 20 (vinte)
Obs: A UNIPAR possui convênio com a  Caixa Econômica Federal para financiamento de cursos de Pós-graduação.

Regime de aulas:

Quinzenal
Sextas-Feiras: 19h00 as 23h00
Sábados 7h30 as 11h50 e das 13h00 as 17h20

Corpo Docente

Titulação

Daniela Eloise Flôr

Doutora

Edson Alves de Oliveira Junior

Doutor

Jaime William Dias

Especialista

Késsia Rita da Costa Marchi

Mestre

Luiz Arthur Feitosa dos Santos

Mestre

Marcelo Douglas A. Baraviera

Especialista

Munif Gebara Junior

Mestre

Silvio Rogério Felipe Gomes

Mestre

William Roberto Pelissari

Especialista

Wyllian Fressatti

Mestre

 

Disciplina

Carga Horária

Ementa

 Projeto e Modelagem de Banco de Dados

30

Fundamentos de Banco de Dados, Processo da Engenharia de Software, Fases da Modelagem do Banco de Dados, Abordagem Relacional, Projeto Lógico, Projeto Físico, Dicionário de Dados, UML para Banco de Dados, Ferramentas de Modelagem e CASE.
 Modelagem de Negócios

30

Modelo conceitual da UML. Elementos estruturais e comportamentais da UML. Modelagem da arquitetura de negócio. Visão de negócio. Visão de processo de negócio. Visão e estrutura de negócio. Visão comportamental de negócio. Regras de negócio. Padrões de negócio. Integração com o desenvolvimento de software. Gerência de processos de negócio e BPMN (Business Process Modeling and Notation).
 Fundamentos da Linguagem SQL

30

Linguagem SQL: Comandos SQL – SELECT, Comandos Simples, Funções simples e de grupo, Junções, Subconsultas, Operadores SET, Consulta Hierárquica, Comando SQL – DML, Introdução a Linguagem SQL – DML (Data Manipulation Language), Insert, Update, Delete, Merge e Controle de Transação.
Introdução à linguagem PL/SQL, Conceitos básicos, Blocos PL/SQL, Execução de Blocos, Ambientes de execução, Incluindo comentários no programa.
Utilização de variáveis: Tipos de variáveis existentes no PL/SQL, Declarando uma variável, Escopo e visibilidade de uma variável.
 Programação PL/SQL I

30

Blocos PL/SQL: Comando de atribuição, Expressões aritméticas, Expressões lógicas e operadores de comparação, Instruções lógicas, Comandos SELECT, INSERT, UPDATE, DELETE, Cursores Implícitos, Fluxos de Execução, IF, LOOP, Tratamento de erros no PL/SQL: Conceito de exception, Exceptions pré-definidas, Formato geral de uma exception section, Declaração de uma exception pelo usuário, Comando RAISE, As funções SQLCODE e SQLERRM, O comando RAISE_APPLICATION_ERROR, Tipos de dados compostos: – Registros, Tabelas, Tabelas de Registros, Trabalhando com cursores explícitos: Conceitos básicos, Declaração de cursores, FOR com cursor, Manipulação direta de cursores, Passagem de parâmetros para um cursor, Variáveis do tipo cursor.
 Otimização de Banco de Dados

30

Conceitos de otimização e tunning de banco de dados. Aspectos influenciadores no desempenho de banco de dados. Arquitetura de SGBDs. Revisão sobre planos de acesso/execução de consultas. Diagnóstico e identificação de problemas de desempenho. Otimização de consultas e Análise de Estatísticas. Utilização de índices e métodos de acesso e ordenação. Análise de junções e Fator de seletividade. Estruturas de I/O, memória, buffer-cache. Auto-sintonia.
 Programação PL/SQL II

30

Funções e Procedimentos: Conceitos básicos de uma stored function, Criando uma stored function, Conceitos básicos de uma stored procedure, Criação de uma stored procedure, Tipos de parâmetros. IN, OUT, IN OUT e Parâmetros default, Passagem de parâmetros posicional, nomeada e combinada.  Pacotes: Conceito de package, Criação de um package, Package specification e package body,
O uso de packages para criação de variáveis públicas, Triggers: Conceito de trigger, Exemplos de utilização de um trigger, Garantir a integridade dos dados, Automatizar cálculos, Gravação de auditoria, Criação de um trigger, Cláusulas de um Trigger, O erro de “mutating tables”, Habilitando e desabilitando triggers.
 Arquitetura de Computadores e Redes (Servidores e Armazenamento)

30

Introduzir conceitos sobre arquitetura de computadores, sistemas operacionais e redes de computadores que são necessários para instalar e gerenciar sistemas de banco de dados. Apresentar arquiteturas de computadores indicadas para servidores de banco de dados. Instalar e configurar um sistema operacional para acomodar o banco de dados de forma robusta e estável. Expor conceitos de redes de computadores necessários aos modernos sistemas de banco de dados distribuídos. Implementar e configurar serviços de redes de computadores que são essenciais para o armazenamento de dados. Abordar aspectos de segurança em nível de infraestrutura, principalmente sistema operacional e redes, para tornar os banco de dados mais confiável e estável.
 Tópicos Especiais em Banco de Dados

15

Apresentar questões emergentes relacionadas à tecnologia da computação, tais como: apresentar os conceitos relacionados a sistemas de gerenciamento de banco de dados. Apresentar as principais tecnologias de orientação a objetos para banco de dados e, demonstrar a persistência de objetos em sistemas de gerenciamento de banco de dados relacional.
 Administração de Banco de Dados

30

Planejamento, instalação e administração de um sistema de gerenciamento de Baco de Dados. A padronização de processos administrativos de sistemas de Banco de Dados. Concretização dos processos em políticas. Projeto e Manutenção de Políticas. Políticas de backup. Políticas de recuperação de dados. Políticas de integridade de dados (regras de negócios). Políticas de armazenamento. Políticas de atualização tecnológica.
 Banco de Dados na Web e Dispositivos Móveis

30

Fundamentos da computação móvel. Interface gráfica. Armazenamento de Dados. Desenvolvimento de aplicações com J2ME.
Banco de Dados Orientado a Objetos

30

Conceitos de Banco de Dados Orientado a Objetos (Conceitos Gerais de Orientação a Objetos, Identidade e Encapsulamento, Hierarquia e Objetos Complexos), Padrões, Linguagens e Projeto de Banco de Dados Orientados a Objetos (ODMG, ODL, OQL e Projeto Conceitual)
Banco de Dados Distribuído

15

Conceito, Arquitetura e Aplicações de Sistemas de Banco de Dados Distribuídos.  Projeto de Distribuição de Dados: fragmentação, replicação e alocação de dados. Gerenciamento de dados distribuídos. Gerenciamento de Transações. Protocolos. Processamento de Consulta.
Metodologia de Pesquisa em Computação

30

Ciência e conhecimento científico, métodos científicos, hipóteses e variáveis, procedimentos básicos, pesquisa bibliográfica, projeto e relatório, publicações. Iniciando um projeto de pesquisa em computação: Pesquisa, pesquisadores e leitores. Planejamento de um projeto de pesquisa. Como fazer afirmações e argumentar. Redação e revisão: os principais elementos de um trabalho científico (relatórios, artigos, monografias).

Coordenação: Késsia Rita da Costa Marchi
Mestre em Ciência da Computação
e-mail: kessia@unipar.br

OBS: A UNIPAR reserva-se o direito de, na ocorrência de impossibilidades eventuais, substituir qualquer dos professores elencados, atendida a titulação necessária e sem que haja prejuízo aos alunos.
Se, até o dia previsto para início das aulas, não tiver formado turma, a UNIPAR reserva-se o direito de prorrogar o início do curso, ou ainda, suspender as atividades previstas para o mesmo.
 
No Comments

Posted in Sem categoria

 

Curso de Sistemas de Informação

28 fev

Estão abertas as inscrições para o Vestibular Módulo II – Continuado da Unipar. 

VESTIBULAR :

Ø Módulo II – continuado – 3ª etapa

Ø Inscrições: 27.02  A  13.03.2013

Ø Prova: 15.03.2013

  

PORQUE ESTUDAR NO CURSO DE

 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO – PARANAVAÍ ?

 O curso de Sistemas de Informação da UNIPAR – Paranavaí é fortemente conceituado:

Ø Conceito máximo (A) na avaliação do MEC

Ø 18 anos de experiência

Ø Selo de Qualidade – Editora Abril

Ø Estrutura administrativa e corpo docente qualificado,

Maiores informações: http://vestibular.unipar.br/

 
No Comments

Posted in Sem categoria

 

O sucesso é construído à noite, de Roberto Shinyashiki

28 fev

Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.

Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.

Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo, pois ao contrário, acabará perdendo seu grande amor.

O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem. Mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados. Não se compare à maioria, pois infelizmente ela não é modelo de sucesso.

Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas.

Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão.

Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.

A realização de um sonho depende de dedicação. Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica. Mas toda mágica é ilusão. A ilusão não tira ninguém de onde está. Ilusão é combustível de perdedores.

Quem quer fazer alguma coisa, encontra um MEIO. Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa.

Fonte: O Sucesso é ser Feliz, de Roberto Shinyashiki
Site Oficial: Shinyashiki

 
No Comments

Posted in Sem categoria

 

Vestibular – Sistemas de Informação

30 nov

Hoje está encerando as inscrições do processo seletivo – Vestibular (módulo I)  para a turma de 2013. Então, a pergunta que surge é:

Porque estudar no curso de Sistemas de Informação da UNIPAR Paranavaí?

  • Curso reconhecido pelo MEC – Ministério da Educação, com conceito Maximo
  • 18 anos de experiência. O cursos de informática vem sendo oferecida para UNIPAR Paranavaí desde sua implantação, formando turma em todos os vestibulares.
  • 3º Lugar no Ranking dos Melhores Cursos do Paraná – Prova do ENADE – INEP/MEC – Resultado divulgado em setembro/2009
  • Selo de Qualidade – Editora Abril.

Inscrições no site: www.unipar.br.

 
No Comments

Posted in Sem categoria

 

Workshop de Informática

23 mar

Nesta semana realizamos o tradicional Workshop da Primeira Série do curso de Sistemas de Informação. Neste evento, foram apresentados pelos acadêmicos painéis referentes aos seguintes temas:

  • Sistemas Móveis;
  • Sistemas Embutidos;
  • Inteligência Artificial;
  • Computação em Nuvem;
  • Computação Ubíqua;
  • Sistema ERP;
  • Aplicações Web;
  • Sistemas Especialistas;
  • Linha de Produto / Linha de Produção.

 

Alguns pontos me chamou a atenção, como a dedicação e o capricho que todas as equipes tiveram para a composição do painel, e o empenho ao estudar os conteúdos apresentando, todas as equipes mostraram-se extremamente preparadas para as apresentações. Além do fato de também termos nos divertido neste momento de enriquecimento curricular.

Outro ponto bastante favorável foi a intensa participação das demais séries visitando os painéis, com isso o evento possibilitou grandes contribuições para o processo de capacitação de nossos alunos, tanto para os visitantes, quanto para os apresentadores, pois, ambos puderam aprender/relembrar durante as trocas de informações que houveram.

Segue abaixo algumas fotos da noite.

 

O Diferencial nos Sistemas de Informação.

16 mar

Considerando nossas discussões realizadas nas aulas de Estágios Supervisionados I e II e também na disciplina de Fundamentos em Sistemas de Informação – Primeira série, escrevi um post em meu blog pessoal que trata de algumas características e classificações que os sistemas de informação devem possuir.  Esta postagem é um breve resumo do conteúdo de classificação de sistemas de informação abordados em algumas disciplinas. Para aqueles que quiserem ler, o post está disponível em http://kessiamarchi.blogspot.com/2012/03/o-diferencial-nos-sistemas-de.html.

 
No Comments

Posted in Sem categoria

 

Estágio Supervisionado – Atividade de destaque no curso de Sistemas de Informação.

27 fev

Douglas Bento Scriptore, Tatiane Cassiano Meneghello e Luis Gustavo Borin de Oliveira

O Estágio Supervisionado em Sistemas de Informação tem proporcionado aos alunos do curso de Sistemas de Informação da Unipar – Unidade Universitária de Paranavaí uma experiência profissional altamente proveitosa, pois remete o aluno a um período de exercício pré-profissional.

Dentre os objetivos do estágio, destaca-se a realização de atividades práticas aplicando os conhecimentos aprendidos durante o curso por meio do desenvolvimento de um produto computacional em uma organização, ou pesquisa na área da Informática.

A cada ano os acadêmicos têm surpreendido os professores do curso com a realização de novos trabalhos, devido à complexidade e a qualidade dos resultados obtidos através do desenvolvimento do estágio.

No último ano (2011), foram realizados 45 trabalhos no primeiro estágio que ocorre na terceira série do curso. Com o desenvolvimento destes trabalhos, houve contribuições significativas para diversos segmentos comerciais, como por exemplo, Sistemas de Controle para escritórios de advocacia, comércio varejistas, supermercados, comércio automotivo, sistemas para celular, tratamento de nota fiscal eletrônica, entre outros.

Dentre estes trabalhos, destaca-se o projeto desenvolvido pelos acadêmicos Luis Gustavo Borin de Oliveira, Tatiane Cassiano Meneghello e Douglas Bento Scriptore.

Neste trabalho estes acadêmicos inovaram desenvolvendo em conjunto com  a Engenharia um software integrado para controle do departamento de Engenharia da Rede Paranaense de Comunicação RPC TV em Paranavaí.

Para o desenvolvimento deste trabalho, os acadêmicos utilizaram tecnologias de ponta, como o Banco de Dados Oracle e Linguagem de Programação JAVA. De acordo com o Sr. Cássio Murilo Linzmeier, Engenheiro da RPC TV, o software em desenvolvimento com a Engenharia tem como objetivo servir de base para implantação de um sistema integrado na emissora atingindo diretamente diversos departamentos da empresa.

Por fim, a realização dos estágios está entre as atividades mais importantes do curso, e só temos conseguido desenvolver trabalhos de sucesso por conta da parceria existente entre alunos, professores e empresas que abrem seus espaços para que estes alunos possam colocar em prática, com a supervisão de um professor, todo o conteúdo visto ao longo do curso. É esta prática que tem enriquecido o currículo de nossos acadêmicos abrindo melhores oportunidades no mercado de trabalho.

 

Pós Graduação – Lato Sensu em Engenharia de Software com ênfase em UML e Programação Orientada a Objetos.

06 jan

É notório que a demanda por profissionais nas mais diversas áreas de informática vem crescendo nos últimos anos.  Entretanto, as melhores vagas são ocupadas por profissionais que possuem maiores níveis de capacitação. Logo, capacitar-se é um dever constante para todo e qualquer profissional, e em especial, para profissionais atuantes em informática.

Desta forma, a UNIPAR – Unidade Universitária de Paranavaí, está oferecendo a Pós Graduação – Lato Sensu em Engenharia de Software com ênfase em UML e Programação Orientada a Objetos.

O principal objetivo desta Pós Graduação é capacitar o aluno para atuar em todo o ciclo de vida de desenvolvimento de software, passando pelas etapas de levantamento de requisitos, projeto, construção e teste de software, envolvendo tecnologias inovadoras de informática nas linhas de pesquisa: Técnicas de Análise e Projeto de Sistema Orientado a Objeto; e Tecnologias JAVA.

Módulos e Duração do Curso

O curso tem duração de duração de 18 meses, com aulas em regime quinzenal, nas sextas-feiras das 19h às 23h00 e aos sábados das 7h30 às 11h50 e 13h às 17h20. E é composto por 15 módulos que abrange todo o ciclo de desenvolvimento de software, sendo:

Análise e Projeto Orientado a Objetos com Modelagem WEB – Utilizando UML 30 horas
Banco de Dados com UML 30 horas
DBC – Desenvolvimento Baseado em Componentes 15 horas
Gerência de Configuração, Controle de Versão e Mudanças 15 horas
Gerência de Projetos I (Métricas) e II (PMBOK) 30 horas
Gerência de Teste de Software 15 horas
Interação Humano Computador para Web 15 horas
Metodologia de Pesquisa Em Computação 30 horas
Modelagem de Negócios e Gerência de Requisitos de Software com Casos de Uso 30 horas
Processo de Desenvolvimento de Software (Fundamentos, Métodos Ágeis e Implementação do RUP). 30 horas
Programação Orientada a Objetos I 30 horas
Programação Orientada a Objetos II 30 horas
Programação Orientada a Objetos III 30 horas
Qualidade de Software (Produto e Processo) 15 horas
Tópicos Especiais em Tecnologia da Informação 15 horas

 

Corpo Docente

O corpo docente é formado por profissionais altamente qualificados e atuantes no mercado de trabalho. Para melhor conhece-los, verifique seus currículos:

 

Prof. M.Sc. Claudete Werner http://lattes.cnpq.br/5979916493750161
Prof. Dr. Edson Alves de Oliveira Junior http://lattes.cnpq.br/8717980588591239
Prof. Esp. Jaime Willian Dias http://lattes.cnpq.br/1543627454280498
Prof. M.Sc. Késsia Rita da Costa Marchi http://lattes.cnpq.br/4344940793960077
Prof. M.Sc. Munif Gebara Junior http://lattes.cnpq.br/7810527788683938
Prof. M.Sc. Rafael Cassolato de Meneses http://lattes.cnpq.br/1967893927557152
Prof. Esp. William Roberto Pelissari http://lattes.cnpq.br/1381263791825712
Prof. M.Sc. Wyllian Fressatti http://lattes.cnpq.br/8791698483423792

 

Trabalho de Conclusão de Curso

Após a conclusão dos módulos o aluno desenvolverá um tema especifico relacionada aos módulos vistos no decorrer das aulas.

A definição, desenvolvimento do tema e organização da pesquisa serão auxiliados por um professor orientador, que será definido ao longo do curso. O desenvolvimento deste tema resultará em um artigo científico.  

Investimentos

Investir em sua capacitação profissional em uma instituição reconhecida é investimento certo.

Os valores agregados são:

Inscrição: R$50,00

Mensalidade: 18 parcelas de R$325,00

Programa e Fidelização UNIPAR:

Formandos da Unipar em 2011: 18 parcelar de R$260,00

Formandos da Unipar de anos anteriores a 2011: 18 parcelas de R$292,50.

 

Para maiores informações e inscrição, acesse o site http://www.unipar.br/cursos/pos-graduacao/engenharia-de-software-com-enfase-em-uml-e-programacao-orientada-objetos/.

Mantenho-me a disposição para quaisquer dúvidas.

Att. Prof. Késsia R. C. Marchi
Coordenadora da Pós Graduação em Engenharia de Software com ênfase em UML e Programação Orientada a Objetos.

 

Ferramenta Spring

24 out

Para os amantes em desenvolvimento, o meu aluno Fernando Godoy, disponibilizou em seu site o artigo desenvolvido para a XIII Seinpar – Semana de Informática do Curso de Sistemas de Informação – Unipar – Unidade Universitária de Paranavaí. O artigo trata da utilização da ferramenta Spring, e está intitulado como AUMENTO DE PRODUTIVIDADE NO DESENVOLVIMENO DE APLICAÇÕES EM JAVA COM SPRING. Recomendo a leitura.

 
No Comments

Posted in Sem categoria

 

Inscrever-se em um curso no Moodle – Unipar

24 fev

Com o intuito de disponibilizar uma ferramenta de apoio aos alunos das minhas disciplinas presenciais, utilizo o ambiente MOODLE disponível pela Universidade (http://moodle.unipar.br). Entretanto, tenho percebido que ao iniciar suas atividades neste ambiente os alunos possuem algumas dificuldades. Logo, para amenizar essas dificuldades estarei postanto alguns textos com breves explicações sobre a utilização do ambiente virtual moodle. Como primeiro post, apresento o cadastro do aluno no ambiente e a inscrição no curso. Ao término do ano, espero ter um tutorial com diversas funcionalidades disponíveis por esta ferramenta.

Introdução

O moodle é uma ferramenta (software package) de apoio ao processo de ensino – aprendizagem. Utilizado como Sistema de Gerenciamento de Curso (Course Management System (CMS)) e também conhecido como Sistema de Gerenciamento de Aprendizagem (Learning Management System (LMS)) ou um Ambiente Virtual de Aprendizagem ((AVA)  Virtual Learning Environment (VLE)).

Seu público alvo é para profissionais da educação e estudantes. Representa um sistema de administração das atividades educacionais. Dentre suas finalidades, alguns aspectos são interessantes de ressaltar, como: a possibilidade de criação de comunidades on line com o intuito de aprendizagem colaborativa; desenvolvimento de educação à distância; ferramenta de apoio para cursos presenciais; atividades de formação de grupos de estudos; utilização na capacitação profissional e desenvolvimento de projetos técnicos/científicos.

O objetivo deste material é produzir um tutorial que auxilie o aluno na utilização deste ambiente, como ferramenta de apoio nas atividades educacionais, focada especialmente, como ferramenta de apoio para cursos presenciais do curso de Sistemas de Informação da Unipar – Unidade Universitária de Paranavaí.

2.       Visão do Aluno.

O Moodle apresenta uma visão específica para o aluno, no qual, este aluno tem condições de interagir com o tutor do curso e com demais integrantes, além de obter todo o material disponível, realizar as tarefas disponíveis, participar dos recursos de interação como grupos, fóruns, etc.

2.1.    Cadastro de Aluno

Para iniciar a utilização do Moodle, é necessário cadastrar o usuário. O processo de cadastro ocorre através do link Cadastramento de usuário disponível na tela inicial do Moodle, como mostra a Figura 1.



Figura 1 - Tela inicial do moodle

Após o preenchimento do formulário, como mostra a Figura 2, será enviada uma mensagem de confirmação por email.  Neste email, há um endereço web que ao acessá-lo é realizado a confirmação da inscrição. Após esta confirmação, o aluno será direcionado ao site do moodle e poderá realizar sua inscrição nos cursos disponíveis.

Este cadastro é necessário apenas no primeiro acesso ao ambiente virtual. Nos próximos acessos, preencha os campos de Login e Senha disponível na página inicial para realizar as atividades disponíveis no Moodle.

Figura 2 - Tela de Cadastro

2.1.    Inscrição em Curso

Após o cadastro, é necessário realizar a inscrição nos cursos. Para isto é necessário localizar o curso desejado. O Moodle disponibiliza algumas formas, sendo, a busca do curso digitando o nome deste curso, como mostra a Figura 3. Para apoio das disciplinas presenciais, o nome do curso é o mesmo que o nome da disciplina.

Figura 3 - Recurso de Busca de Cursos

Os resultados são apresentados conforme mostra a Figura 4. Dentre a listagem dos cursos apresentados, localize o curso de interesse rolando a barra de rolagem ou navegando entre as páginas que apresentam os resultados.

Ao localizar o curso desejado, clique sobre o nome do curso para ter acesso ao mesmo. Se for pedido um código de inscrição use a senha que foi fornecida pelo administrador ou pelo professor. Esta senha é reservada aos usuários do site inscritos no curso e será necessária apenas na primeira vez que você entrar no curso. Após este processo, clique no botão “Faça a minha inscrição neste curso” e a inscrição será concluída.

Figura 4 - Resultados da Busca de Curso.

As próximas conexões, serão exibidos na tela inicial todos os cursos em que o aluno está inscrito, como mostra a Figura 5. Para acessar o curso, basta clicar no título do curso.

Figura 5 - Cursos inscritos

Após o acesso ao curso, o aluno poderá ter acesso a todo o conteúdo e realizar todas as tarefas disponíveis.

 
No Comments

Posted in Sem categoria